Slash diz recusar oferta de mais de US$ 100 milhões para voltar ao Guns N’ Roses

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Guitarrista afirma que ‘não existe chance’ para reunião da banda.
‘Era impossível ficar na mesma sala que Axl’, lembra Slash.

Se depender do guitarrista Slash, uma reunião com os membros originais do Gun N’ Roses é virtualmente impossível. “Não existe nenhuma chance de uma reunião (do Guns)”, declarou o músico em uma entrevista para a revista “GQ”.

“É triste o fato de que algo tão legal não exista mais, mesmo que nós dois estejamos vivos e no mesmo planeta”, lamenta Slash, que explica que “as coisas estavam tão abrasivas quando acabamos que eu nunca pensei, ‘ah, seria legal voltarmos’. Porque não seria!”.

O guitarrista afirma que chegou a receber propostas com altos valores para voltar com a antiga banda. “Eu não consigo me lembrar dos números exatamente, mas (as ofertas foram) excessivas. Coisas no nível de sete, oito dígitos”, afirma, confirmando que os valores passariam de US$ 100 milhões.

“Quando estávamos no palco, éramos uma força poderosa juntos. Mas chegou a um ponto em que era impossível, fora do palco, ficarmos na mesma sala ou compor qualquer música juntos”, justifica Slash.

Texto extraído em: G1.com.br

0 comentários: