Kiss: Ace Frehley aprova o novo single da banda

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Bob Suehs, do site Rock N Roll Experience, conduziu uma entrevista com o guitarrista original do KISS, Ace Frehley, que afirmou ter gostado do novo single do grupo estadunidense, “Modern Day Delilah”.


Rock N Roll Experience — Você teve a oportunidade de ouvir o novo single do KISS, “Modern Day Delilah”?
Ace Frehley — Sim, na verdade tive. E achei uma boa canção. Paul [Stanley, guitarrista e vocalista] sempre foi um bom compositor e a única coisa que acrescentaria é que eles disseram que todas as músicas novas soariam como nos anos 70, e não percebi isso. Essa música nova soa como se tivesse sido tirada de algo que eles fizeram na década de 80. Foi isso que percebi, mas é uma boa canção.
Rock N Roll Experience — O que você acha do Kiss vender o novo trabalho apenas pelo Wal-Mart?
Frehley — Parece que a cada momento mais e mais grupos estão se atrelando a essas grandes empresas, acredito que seja pelo fato de que eles oferecem um grande adiantamento, mas o lado ruim é que o álbum acaba ficando disponível apenas naquela cadeia de lojas. Há prós e contras. Eu até me interessei pela ideia, mas, para mim, prefiro que o álbum esteja disponível em todos os lugares.
Rock N Roll Experience — O lado realmente ruim é que as grandes lojas de CDs estão acabadas hoje em dia.
Frehley — Verdade, e acho que a Internet tem alguma coisa a ver com isso [risos]. É apenas o caminho do futuro. Começamos com álbuns, vi chegarem os cassetes, depois os CDs e agora estes estão desaparecendo.
Rock N Roll Experience — De todos os produtos que já foram lançados do Kiss, qual é o seu favorito?
Frehley — Acho que os bonecos são os mais doentes [risos]. E também os meus favoritos. Acho que todos os produtos eram bem doentios, especialmente depois que saí da banda, foram ficando cada vez mais assim.
Rock N Roll Experience — Com relação a Tommy Thayer vestir a sua maquiagem no Kiss, a banda tem os direitos legais de fazer isso?
Frehley — Eles têm o direito de usar a maquiagem, abri mão deles. Ainda recebo royalties por isso, mas eles têm o direito.
Rock N Roll Experience — Sempre vi aquela maquiagem como sendo de Ace Frehley, e ver Tommy Thayer usando-a não é a mesma coisa.
Frehley — Sim, bem, você sabe, não estive envolvido nessa decisão. Você tem que perguntar o porquê disso para Paul e Gene. O que realmente me incomoda é quando leio o que os fãs pensam, e muitos deles ficaram furiosos com isso, e isso acaba me enfurecendo também. Mas, como disse, não estou no controle dessa situação.
Rock N Roll Experience — Como você gostaria que as pessoas se lembrassem de Ace Frehley?
Frehley — Acredito que nunca comprometi minha música. Quero ser lembrado por alguém que sempre teve integridade, um bom cantor e compositor, alguém que não teve nada de ruim a dizer sobre outras pessoas. Só quis me dar bem com todos ao meu redor, e dar às pessoas algum tipo de prazer.

0 comentários: